Com a chegada de Paulo Bauer, Eunício Oliveira encerrou a votação. Com 44 votos “não”, os senadores decidiram derrubar a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal. Outros 26 senadores votaram “sim” (para manter a decisão do STF). No total, 71 de 81 senadores estiveram presentes na sessão, incluindo Paulo Bauer, que chegou apenas para a votação. Não houve abstenções, e o presidente do Senado não votou. Com a decisão, as medidas cautelares impostas a Aécio Neves pelo Supremo Tribunal Federal deixam de valer