O vice-presidente do Senador, Cássio Cunha Lima (PSDB), defendeu, na noite desta quinta-feira (10), o fim do horário eleitoral gratuito como forma de gerar economia para bancar o financiamento de campanha dentro da Reforma Política discutida no Congresso Nacional.
Em entrevista ao Facebook da Revista Veja, Cássio Cunha Lima disse que a campanha poderia ser realizada através das novas mídias digitais e a economia feita com o pagamento destinado às grandes emissoras de televisão através de renúncia fiscal bancaria a campanha sem tirar dinheiro do orçamento da união.