Fórmula 1 Últimas notícias Massa diz que Williams precisa evitar novos acidentes

Com  o tempo anotado na sessão matinal (1m19s726), nesta terça-feira, em Barcelona, Felipe Massa foi o mais veloz no quinto dia de testes da pré-temporada. Além da marca, a performance do piloto impressionou pelo quantidade de voltas completadas no circuito espanhol: 168. Daniel Ricciardo, da RBR, foi o segundo mais rápido nesta terça, com 1m19s900. Sebastian Vettel, da Ferrari, que protagonizou uma batalha com Massa no fim (não pelo tempo, mas pelo número de voltas completas), fechou o top 3, com 1m19s906, a apenas 0s006 do ex-companheiro. Curiosamente, as três marcas foram feitas com compostos distintos. Massa de supermacios (faixa vermelha), Ricciardo de ultramacios (faixa roxa) e Vettel de macios (faixa amarela), o que dá a entender que a Ferrari ainda tem um potencial “escondido”.
Disputa emocionante… e o campeonato sequer começou!
Quem acompanhou o quinto dia de testes da pré-temporada teve um gostinho do que deve ser o Campeonato Mundial de 2017 da Fórmula 1. Já o mais veloz desta terça-feira, com o tempo anotado na parte da manhã, Felipe Massa começou a caçar uma outra marca: maior número de voltas de um piloto. O recorde pertence à dupla da Mercedes, com 170 voltas, no terceiro dia de atividades (só que para chegar à marca, o time alemão dividiu a atividade entre seus dois pilotos, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas). E aí iniciou-se uma disputa entre o brasileiro e Sebastian Vettel, que também estava inspirado e cheio de fôlego, para ver quem atingia o número mágico. No fim, ambos terminaram empatados com 168 voltas completas no Circuito da Catalunha, para o desespero dos internautas que acompanharam tudo pelo tempo real do GloboEsporte.com.
Mercedes
A dupla Hamilton-Bottas focou em simulação de corrida, com o W08. Enquanto o britânico assumiu o comando do carro pela manhã, o finlandês assumiu o comando à tarde. Nenhum dos dois fez um temporal, terminando em quarto (1m20s456) e quinto (1m20s924), respectivamente.
Force India
Estaban Ocon foi o cara da Force India durante toda a terça-feira. E mandou bem. Além de ter ficado com o sexto melhor tempo do dia (1m21s347), ainda levou para casa uma boa quilometragem, completando 142 voltas.
Renault
O time francês começou o dia rateando. Jolyon Palmer só conseguiu completar 15 voltas antes de o time ter que substituir o motor do RS17 após problemas em sensores do carro. Assim, o britânico ficou com o último tempo (1m24s790). Depois da troca, Nico Hulkenberg foi o responsável por guiar a máquina preta e amarela. O alemão terminou em sétimo, com 1m21s589.